14 de dez de 2012

Notícias sobre o VI Seminário de Cinema e Educação

Hoje finalizou o VI Seminário Internacional de Cinema e Educação organizado pelo grupo CINEAD coordenado pela prof Adriana Fresquet da UFRJ. A mesa de hoje foi especialmente boa. Tratou das discussões associadas ao filme Educação Prohibida... Na mesa estavam German Guzzo, diretor do filme, Luiza Lins, cineasta curadora e diretora do Festival de Cinema Infantil de Florianópolis e Marina Rodrigues que fez uma pesquisa sobre escolas alternativas brasileiras. A mesa trouxe a fala de todos os presentes sobre o filme e sobre o que pensam a respeito do tema discutido pelo filme. Ao final do debate foi exibido pela primeira vez um filme produzido pela equipe do CINEAD "Abedecário de Cinema" com Alain Bergala.  

Mesa do Seminário no dia 14 de dezembro

O debate sobre o tema do filme foi extremamente instigante. Tivemos opiniões diversificadas que falaram tanto do fim da escola, questionaram que escola queremos e que escola temos, como essa escola é produzida, as políticas que fazem a escola ser como ela é hoje, o papel do professor e do aluno numa escola "alternativa" ou como disse Luisa Lins, nessas "escolas de resistência" ao sistema pre-estabelecido. Educamos e queremos educar para o mercado? Para a vida? Para as duas coisas? Que educação queremos? Em que lugar está a formação cultural nessa educação? German Guzzo levanta que aprendeu mais para sua vida e formação nas atividades culturais que sempre frequentou do que na escola... Enfim, muito se discutiu e a mesa e o público trouxeram temas "quentes", fundamentais para serem pensados na educação hoje. Esse filme foi um dos votados para ser exibido no nosso CINE CCH do ano que vem. Com certeza traz boas questões para um debate. Uma coisa, no entanto, foi levantada pela platéia: o filme questiona a educação ouviu as crianças e jovens? No filme só falam os professores, adultos... German Guzzo comenta que realmente esse aspecto é algo que precisa trazer num próximo filme: a fala dos alunos.  Para quem quiser ter acesso ao filme e pensar sobre essas e outras questões  o site oficial do filme é: http://www.educacionprohibida.com/

Parabenizamos a Adriana Fresquet e equipe CINEAD pelo belo evento!

Adriana Hoffmann Fernandes

2 comentários:

Mirna Juliana disse...

Essa mesa foi demais!!!
O filme é muito interessante e nos faz pensar quilos de perguntas sobre o que é educar de verdade. Adorei o filme produzido pelo CINEAD com entrevista a Bergala. Ele faz uma síntese daquilo que traz em seu livro Hipótese-Cinema. Valeu!

Adriana Hoffmann disse...

Muito bom sim!!! Ao final ganhamos o vídeo do Bergala em primeira mão. Todos no grupo poderão ver depois.
Beijos,