31 de ago de 2012

RIP!: Manifesto Remix




Como comentamos na postagem das mesas do Congresso Cotidiano a fala de Nelson Preto sobre o processo de autoria, nossa discussão foi retomada no grupo de pesquisa ao discutirmos o texto de Henry Jenks sobre as competências/habilidades para a educação/alfabetização nos dias atuais - apresentado pela integrante Lucinéia.
Ao falar sobre a apropriação (a habilidade de selecionar e remixar conteúdo midiáticos de modo significativo) levantei a questão da discussão do Manifesto Remix. A seguir explicito de que se trata.
 
Manifesto Remix
Manifesto Remix é um documentário lançado em 2008 que traz à tona as questões de direitos autorais, propriedade e compartilhamento de informações nos dias de hoje. O objetivo era que o filme fosse uma produção colaborativa, onde o público pudesse contribuir com material, baixar, editar e remixar de acordo com a sua vontade.

O documentário possui uma abordagem de diferentes formas de apropriação de informação, desde trechos de músicas a patentes de formulas químicas.
Mesmo com as relações midiáticas em constante mudança, podemos ver que pouco se avançou no que diz respeito ao compartilhamento informações nesses últimos 4 anos.

No filme podemos ver o embate  entre duas formas de encarar a propriedade de informação:
                    
                     "Copyleft"                                   X                                "Copyright" 
 Do lado esquerdo temos os usuários                            Do lado direito temos as grandes
 que visam compartilhar conteúdo e                              corporações privadas que cobram
 defendem o domínio público como                               direitos autorais e consideram
 sendo um espaço para a livre troca de                         idéias como propriedades intelectuais 
 idéias e a garantia do futuro da arte                            que devem ser protegidas e preservadas
 e da cultura.                                                                         para seu lucro.
  

A partir dessa discussão os "Copyleft"  criam o Manifesto Remix:
1) A cultura sempre se constrói baseada no passado;
2) O passado sempre tenta controlar o futuro;
3) O futuro está se tornando menos livre;
4) Para construir sociedades livres é preciso limitar o controle sobre o passado.

Segue os links para assistir no youtube:
RIP!: a Remix Manifesto - parte 1: http://youtube/Ycdt1yW096g 
RIP!: a Remix Manifesto - parte 2: http://youtube/zsa7KVTPhgY 
RIP!: a Remix Manifesto - parte 3: http://youtube/1eM8uc5ktcM 
RIP!: a Remix Manifesto - parte 4: http://youtube/cr0XccFyNhI 
RIP!: a Remix Manifesto - parte 5: http://youtube/y-ojcsNDVVA 
RIP!: a Remix Manifesto - parte 6: http://youtube/LkqLNSmL3Zo 
RIP!: a Remix Manifesto - parte 7: http://youtube/CQjxPScB7r8 
RIP!: a Remix Manifesto - parte 8: http://youtube/IqvKgTe8pXQ 
RIP!: a Remix Manifesto - parte 9: http://youtube/mQDgtGD_ikE 

Assistam, baixem, compartilhem, comentem, editem, critiquem!
Temos muito para pensar! ;)

Isis Lucena

6 comentários:

Adriana Hoffmann disse...

Muito bom Ísis!!!
Bom texto com boas reflexões e material valioso!
Obrigada!
Beijos,

Adriana Hoffmann disse...

Muito bom Ísis!!!
Bom texto com boas reflexões e material valioso!
Obrigada!
Beijos,

Juliana Damiani disse...

Vou dar uma olhada com certeza! A dIca foi otima :)

Thamyres disse...

Que legal, Isis!
Fiquei super curiosa na discussao e em assistir.
bjos

Mirna Juliana disse...

Eita menina pra trabalhar bem!

Adriana Hoffmann disse...

No nosso grupo todos trabalham bem. Cada um tem suas habilidades especiais! Cada um sabe fazer algo de um jeito só seu.Grupo é isso: reconhecer o que cada um sabe fazer e não querer que todos façam do mesmo jeito...